Assine um documento usando o Pix, saiba mais.

Blog

7 dicas para otimizar o processo de matrícula em sua escola

5
Negócios

7 dicas para otimizar o processo de matrícula em sua escola

Você tem uma escola ou oferece cursos e treinamentos e quer otimizar o processo de matrícula, mas não sabe como? Não se sinta mal.

Não é só você quem tem essa dúvida. Esse é, de fato, um dos grandes desafios que os profissionais responsáveis por essa área têm.

Aqui no blog do Fluxia você vai ver algumas dicas ótimas para otimizar o processo de matrícula.  

Afinal, estudar é uma das atividades mais importantes do mundo contemporâneo e todo estudante ou profissional que tenha ambição de se desenvolver no mercado, sabe o quanto é necessário estar em sintonia com a evolução tecnológica. Principalmente porque mercado e tecnologia estão cada vez mais unidos.   

E já que se atualizar e desenvolver novas competências é uma necessidade, o papel das escolas ganha maior relevância no mundo atual. Então, quanto mais abertas estiverem as portas das empresas da área de educação melhor para todos. Logo, facilitar e agilizar o processo de matrícula é fundamental.

Mas vamos agora ao objetivo desse artigo. Selecionamos 7 dicas valiosas para instituições de ensino que podem otimizar o processo de matrícula.   

Faça uma pesquisa de seu público e do mercado em que se encontra

Embora as empresas da área educacional venderem um produto que não é palpável, o conhecimento, elas são, no fundo, como quaisquer outras companhias. Precisam pagar funcionários, encontrar clientes, pagar água, luz, aluguel, enfim, deve-se ter todos os cuidados que qualquer outra empresa tem. E uma das primeiras tarefas antes de se erguer qualquer empreendimento é pesquisar o mercado ao qual estará inserido. Com educação não é diferente.

Pesquisar o mercado educacional é uma ação que vai levá-lo a perceber o quão árdua será a tarefa de conseguir alunos para sua instituição. Além disso, essa ação pode possibilitar o aparecimento de ótimos insights sobre o mercado, como quais práticas estão funcionando, o que impactou negativamente seu público ou como outras escolas conseguiram captar mais estudantes para seus cursos. Tudo isso irá brilhar aos seus olhos quando você analisar um levantamento do seu mercado.

Na pesquisa sobre seu setor vai, também, aparecer informações que lhe ajudarão a entender quem é o seu público e a melhor forma de lidar com ele. Logo, você vai compreender quais são as demandas e o que esse seu cliente necessita e como você poderá resolver o problema dele.

Encontre um diferencial e invista nele

O mercado brasileiro de educação é muito concorrido e para poder crescer e avançar é necessário que sua instituição encontre um diferencial, algo que a distinga das demais. Quem simplesmente repete práticas alheias dificilmente conseguirá um lugar de destaque nesse setor.

Portanto, pense nas suas qualidades. Reflita em qual ponto você se destaca dos demais concorrentes. Analise porque a sua solução é a melhor para seus alunos e invista nela. A partir daí você deve traçar uma estratégia de posicionamento e divulgação que, com certeza, o levará a otimizar o processo de matrícula.

Um site é uma ótima opção para otimizar o processo de matrícula

É difícil pensar em uma empresa, seja qual for o setor, que não tenha uma página na internet. Um site é praticamente uma extensão da estrutura física da instituição. Sem ele é como se a empresa não existisse. E, pode acreditar, o consumidor leva isso muito em conta na hora de bater o martelo e escolher o curso idea.

Não basta, contudo, criar apenas uma página com o nome de sua escola. É necessário mais do que isso. A página deve ser responsiva, ou seja, deve funcionar tanto para os desktops quanto para os celulares ou tablets. O contato de sua empresa deve ser fácil de se encontrar. E o mais importante é o conteúdo, informe as vantagens que seu curso ou sua instituição tem. Mostre seus diferenciais. Isso funciona.

Use do marketing educacional

Não tem jeito. Se uma empresa quiser ascender no mercado e vender mais, ela precisará investir em marketing. Isso vale para as escolas e outras instituições de ensino. Planeje uma verba para ser destinada à divulgação. Esse dinheiro poderá ser usado para a criação de folders, flyers, cartões de visita, banners e demais ações publicitárias, como comerciais de rádio, TV ou em outras mídias que deverão constar no planejamento de marketing.

Use as redes sociais

As redes sociais são importantes aliadas na hora da divulgação de seus serviços. Em uma empresa educacional é possível disponibilizar conteúdos ricos e mostrar métodos de ensino, assim como destacar o perfil dos alunos que estudam na instituição. Mas lembre-se de que as redes sociais devem, também, estarem integradas ao planejamento de marketing, pois elas são parte da voz da empresa. Portanto, o que for divulgado nelas estará diretamente ligado ao nome da escola.

Mantenha um bom relacionamento com seu cliente

Manter um relacionamento saudável com seus atuais ou potenciais alunos é muito importante, já que eles vão te ajudar estrategicamente a aumentar o número de matrículas em sua escola.

Agora você pode nos perguntar: mas como eu faço isso?

A resposta é simples. Ofereça um bom serviço. Faça o que você faz de melhor. Ensine um bom conteúdo. Esclareça as dúvidas dos alunos. Possibilite que ele interaja com a instituição. Isso pode ser feito através de blogs dos estudantes, murais e redes sociais da escola. Faça com que os momentos que ele passe em sua escola sejam especiais e que ele sinta vontade de trazer mais gente para participar desses momentos com ele.  

Utilize um sistema automatizado de gestão de matrículas

As relações pessoais e profissionais hoje estão cada vez mais imersas no ambiente digital. Logo, não faz mais sentido que a gestão de contratos de matrículas se faça ainda por papel. Isso, de certa forma, está ficando ultrapassado. Hoje há outros meios para se fazer a gestão das matrículas.

Uma ferramenta importante e que tem dado certo em muitas escolas é o Fluxia. Trata-se de uma plataforma de automação e gestão de contratos totalmente digital. Com base em um formulário que o próprio cliente preenche, e que pode ser enviado a ele por e-mail, SMS ou Whatsapp, os contratos são criados, assinados e armazenados. Tudo isso eletronicamente, sem precisar imprimir qualquer folha de papel.

Essa plataforma, portanto, resolve um dos principais desafios de se conseguir a matrícula, que é a falta de tempo. Com a agilidade e praticidade do Fluxia esse problema já está solucionado.

Conclusão

Assim, podemos concluir que é possível sim otimizar o processo de matrícula em sua escola. Essas dicas disponibilizadas neste artigo funcionam. Mas é necessário que se tenha todo um planejamento para isso.

E então, o que está esperando?  

Gostou? Assine nossa News e saiba mais!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *