Estamos contratando, veja nossas vagas.

Blog

Biometria facial: Tudo que você precisa saber sobre essa nova autenticação

Imagem das mãos de três pessoas mexendo em tablets e celulares
Segurança e Autenticações

Biometria facial: Tudo que você precisa saber sobre essa nova autenticação

Afinal, biometria facial é sinônimo de segurança na autenticação de assinaturas? A internet é um solo fértil para resolução de problemas, para facilitar e acelerar processos e, principalmente, otimizar tempo. Mas quanto mais ativos somos no mundo digital, mais atenção com a segurança das nossas informações e dados, também precisamos ter.

Ao assinar um documento, seja ele de qual finalidade for, é necessário que haja um elevado grau de segurança. É a partir dos fatores de autenticação que há a garantia da ratificação legítima da assinatura e de sua validade jurídica.

Principalmente as instituições financeiras e bancárias demandam cada vez mais esse tipo de controle na validação dos signatários dos seus documentos, pois há um risco alto de fraude na solicitação de empréstimos e processos do dia a dia.

Elas funcionam como camadas a mais de proteção, já que pessoas de má-fé irão ter que passar por mais desafios para chegar ao objetivo, dificultando esses crimes. Investir em avanços tecnológicos nessa área é primordial. 

Pensando nisso, a Clicksign criou mais uma novidade na forma de autenticar suas assinaturas: A Biometria facial.

Quer saber mais dessa autenticação? Confira!

O que é a Biometria facial?

A LGPD prevê o direito à “inviolabilidade da intimidade, da honra e da imagem”, bem como o respeito à privacidade atrelado aos direitos humanos. Ainda diz respeito ao desenvolvimento socioeconômico, inovador e tecnológico, ressaltando a necessidade de segurança na Era Digital. 

Atualmente, empresas que não seguem em conformidade com a lei, estão sujeitas a multas e até mesmo impossibilidade de exercerem a função frente ao consumidor. Por isso, inovar em tecnologias que aumentem a segurança é primordial e é nessa busca por métodos cada vez mais avançados que a Clicksign desenvolveu a Biometria facial.

A Biometria facial é uma autenticação adicional, disponível ainda em versão beta, que usa as mais modernas tecnologias do mercado para oferecer uma camada ainda maior de segurança aos seus documentos

Em poucos passos, a nova forma de autenticação irá comparar a identidade de quem assina, entre a foto do documento e a foto tirada no momento da assinatura. Um jeito simples e seguro de validar a identidade de quem assina. Dessa forma, aliada à autenticação obrigatória, a Autenticação com Biometria facial potencializa a validade jurídica de seus documentos. 

De acordo com o CTO da Clicksign, Michael Bernstein, a nova autenticação chega com mais camadas de proteção para os documentos online. 

“Prezamos muito pela segurança e estamos sempre em busca da melhor experiência para o cliente. A Biometria facial atua como uma validação completa e analisa rapidamente a veracidade das informações e da identidade de quem assina”, ressalta Bernstein.

Ele também explica que o novo formato é uma parceria com a empresa Combate à Fraude (CAF) e, ao assinar, a pessoa irá confirmar seus dados, tirar uma foto do seu documento (RG ou CNH) e em seguida sua própria foto, captura os movimentos do signatário, como prova de vida. Depois, a tecnologia faz a comparação da imagem presente no documento com a foto tirada no momento da assinatura.

O resultado é um processo mais seguro e automático no processo da validação dos dados, reduzindo custos e tempo de operação do remetente, que antes precisava fazer a etapa manualmente. 

“Temos uma plataforma que está em constante atualização tecnológica, sempre em busca das formas mais inovadoras de fazer a gestão dos documentos e de autenticar a identidade dos assinantes”, conclui o CTO da Clicksign. 

Por que investir em autenticações?

Você já parou para pensar na importância que o cliente de hoje em dia, imerso no mundo digital e ciente das vantagens e problemas, dá à segurança de informações e principalmente à validade jurídica dos contratos que ele assina? E que, possivelmente, manda para os clientes dele também?

De acordo com a Fortinet, líder global em soluções amplas, integradas e automatizadas de segurança cibernética, só entre janeiro e junho de 2021, foram mais de 16,2 bilhões de tentativas de ataques cibernéticos no Brasil.

Então, investir em mais pontos de autenticação aumenta a segurança das operações e diminui o risco de fraudes e de invasores se utilizarem de má-fé das suas informações. Segurança, criptografia e autenticação se tornaram direitos básicos de todo o usuário, a nível Global. 

A confiabilidade no mundo dos negócios é, de fato, um dos ativos mais valiosos e quanto mais segurança o seu cliente identificar, menos dúvidas ele terá em relação aos dados/permissões e, por consequência, mais negócios serão firmados.

Na Clicksign, o direito à privacidade é coisa séria. Prezamos e respeitamos as particularidades de qualquer natureza, desde dados confidenciais até o comprometimento e zelo que dispensamos ao ato de assinar documentos. 

Não é a toa que contamos já contamos com algumas formas de autenticação para nossos clientes:

  • PIX;
  • Assinatura manuscrita;
  • Documento oficial;
  • E-mail (token);
  • SMS (token);
  • Whatsapp (token);
  • Selfie dinâmica;

Agora desenvolvemos a Biometria facial, baseando-nos na necessidade e maiores dores do consumidor atual. 

Assinatura com a Biometria Facial em 6 passos simples

  1. Usuário remetente envia o documento para assinatura com autenticação adicional Biometria Facial
  2. O signatário, após clicar em “Assinar”, preenche – no caso de ser seu primeiro uso – ou confirma seus dados
  3. Faz a ativação de sua câmera e seleciona o tipo de documento que deseja utilizar na autenticação
  4. Tira uma foto da frente e verso do documento escolhido e aguarda o processo de OCR – tecnologia que checa se os dados do documento são os mesmos informados pelo signatário ou operador remetente.
  5.  Tira uma foto de seu rosto e aguarda o Face Match – reconhecimento facial que avalia se o rosto na imagem do documento é o mesmo da pessoa.
  6. Insere o token e finaliza a assinatura do documento

Que tal testar a Biometria facial no seu negócio ou área de atuação?

O momento da economia global é de contínua transformação, e inúmeras soluções digitais surgem cada vez mais rápido. Um negócio inteligente está atento para as inovações e para a importância de incluir métodos cada vez mais seguros e automatizados a fim de dar cada vez mais segurança para seu cliente. 

Investir em tecnologia é estar à frente do mercado! Entre em contato com o nosso time e inclua essa feature nas suas operações.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.