Estamos contratando, veja nossas vagas.

Blog

A melhoria da experiência do paciente através da tecnologia

Médica em atendimento segurando tablet
Tecnologia e Negócios
Segmento:

A melhoria da experiência do paciente através da tecnologia

Se existe o interesse em uma melhor Customer Experience em diversos segmentos, porque não focar também na melhoria da experiência do paciente por meio da automação de serviços? Essa é uma pergunta retórica, visto que soluções tecnológicas já tem se debruçado na área da saúde – pelas Healthtechs.

Mas afinal, o que é a experiência do paciente e qual o impacto que a automação de serviços e os documentos digitais têm sobre ela? Nós te contamos nessa publicação da Clicksign!

Afinal, o que é experiência do paciente?

É possível abranger diversas percepções para falar da experiência do paciente, mas escolhemos o conceito mais amplo de que ela é: a relação e interação que os pacientes mantêm com o sistema de saúde e seus profissionais. Médicos, enfermeiros, demais funcionários hospitalares e clínicos, e ainda, hospitais, consultórios médicos e outros ambientes de saúde estão abarcados nessa lista extensa.

A qualidade nos serviços da saúde, e, portanto, a boa experiência dos pacientes, pode advir de uma série de aspectos, aos quais valem ser citados para chegarmos ao nosso denominador comum da necessidade de automação:

  • procurar e receber cuidados quando necessário (e por vezes, é urgente);
  • obter consultas oportunas;
  • ter fácil acesso às informações;
  • a comunicação digital da organização médica com o paciente;
  • acesso desembaraçado a resultados, exames e consultas;
  • receitas médicas legíveis (vem ler sobre as receitas digitais em nosso blog!)

Engana-se quem acredita naquela história do século passado, que a experiência do paciente se dá apenas no momento do atendimento ou da realização do procedimento: a jornada do cliente começa muito antes, e termina bem depois.

Deste modo, a automação de serviços de consultórios médicos e hospitais com preenchimento de papeladas, filas para agendamentos de consultas, mais filas para retirar (fisicamente) o resultado dos exames médicos, etc.

Ademais, se tem uma área que necessita de total interoperabilidade, com certeza é a da saúde: uma informação faltando (uma fase do processo defeituosa) pode estragar todas as outras!

Automação de serviços e a experiência do paciente

A automação de serviços na área da saúde não beneficia tão somente a entidade jurídica (pública ou privada), pois também é bastante interessante para os pacientes. Mas como? Vamos falar primeiro, de forma breve, do que consiste a automação de serviços e processos nesse setor:

  • diminuir o tempo dispensado para a realização de tarefas: para o profissional da saúde e para o paciente;
  • reduzir a mão de obra repetitiva: ao invés de deixar o paciente passando mal e sendo obrigado a preencher papelada, um sistema faz isso para você, e com isso suas habilidades humanas podem ser utilizadas corretamente;
  • tornar processo mais ágeis e eficientes: afinal, aquela receita médica escrita em um garrancho dá um retrabalho enorme quando o paciente precisa voltar ao consultório, pois sequer o farmacêutico pôde desvendar o que estava ali; ou então, quando o médico esquece de assinar, a enfermeira de liberar, a secretaria de imprimir a segunda via autenticada, etc;
  • substituir atividades manuais para ações automáticas: se no seu consultório médico ou no hospital o sistema é integrado, não há a necessidade de você ir lá e incluir manualmente com uma canetinha as informações na ficha técnica ou prontuário – você informa no sistema e ele “se modela” automaticamente;
  • call center e agendamentos podem ser feitos de maneira online;
  • a gestão de pessoas pode seguir um aplicativo, por exemplo (de pacientes, mas internamente também é possível gerenciar o RH);
  • uma melhor gestão de compras de suprimentos;
  • uma melhor gestão de agenda;
  • uma melhor gestão da área financeira e contábil;
  • maior controle de dados;
  • gestão segura de informações.

Relação entre a experiência do paciente e a gestão de documentos digitais

Acreditamos que, após falar da automação de serviços, a questão da gestão de documentos digitais ainda tenha ficado meio nebulosa se relacionada com a experiência do paciente, e isso é normal.

O assunto é uma novidade que vem sendo implantada no setor da saúde, e para que a competitividade seja tão acirrada ao ponto de que a experiência do cliente também seja otimizada, é preciso sim – além de digitalizar processos por meio da automação e integração –, começar a trabalhar com documentos digitais.

Pense conosco: o setor da saúde, por muitas vezes, acumula mais papéis que delegacias policiais e escritórios de advocacia, afinal, todos precisam de acesso à saúde, e cada uma dessas pessoas tem seus dados registrados e impressos ali. O fluxo de pessoas e de trabalho é imenso!

Achar um prontuário em um dia lotado (ou calmo mesmo), pode ser um caos. Vale a pena ter fichas de vacinação apenas físicas? E se os pacientes perderem? Nas Unidades Básicas de Saúde existem dias que receituários médicos são feitos em massa – já pensou ter que escrever todos eles a mão e carimbar e assinar? E se for de medicamento controlado, não vale errar sequer uma letra.

São nesses casos, por exemplo, que documentos digitais removeriam obstáculos desnecessários e aumentariam a produtividade da equipe. Com os documentos digitais conjuntamente a um sistema automatizado e integrado será possível:

  • um aumento de, no mínimo, 50% na precisão e integridade do formulário inicial, da ficha de atendimento e do prontuário completo (integrando esses arquivos);
  • o fim de papeladas dispensáveis pelo armazenamento dos documentos digital na nuvem;
  • com o uso da assinatura digital com certificado digital para validar receitas médicas, atestados médicos e os próprios prontuários (que vez ou outra são anexados a processos judiciais), estes documentos serão seguros juridicamente e à prova de fraudes;
  • a organização operacional será visível;
  • a telemedicina (muito difundida durante a pandemia de Covid19) será vista com melhores olhos pelas soluções digitais oferecidas.

A experiência do cliente (sua relação com o sistema de saúde) depende dessas soluções tecnológicas.

Poderíamos citar mais exemplos, mas as mudanças ainda estão acontecendo nesse momento mesmo enquanto você lê esse texto, então fique de olho no blog da Clicksign: de soluções digitais e atualizações tecnológicas em múltiplos setores, nós entendemos! Até mais!

Se você deseja digitalizar os seus processos, como fazem as principais empresas do mercado, de uma maneira aplicável e juridicamente válida, não perca tempo e conheça agora nossos Planos e Preços.

Avalie esse conteúdo

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *