Estamos contratando, veja nossas vagas.

Blog

Mudança no comportamento do viajante? Entenda como isso pode ser uma oportunidade

comportamento do viajante
Tecnologia e Negócios
Segmento:

Mudança no comportamento do viajante? Entenda como isso pode ser uma oportunidade

A pandemia de Covid-19 mudou não apenas os hábitos dos clientes do setor de turismo, mas também o comportamento do viajante e a forma como eles têm aproveitado as suas viagens.

Apesar  da crise gerada no setor em 2020, o mercado hoteleiro e o setor de turismo em si, estão se reestruturando e se tornando aquecidos em comparação aos últimos dois anos. 

Isso pode ser percebido através de um relatório feito pelo Statista, onde mostra que  os gastos globais com turismo de lazer aumentaram cerca de 25% em 2021 em relação ao ano anterior, após uma queda dramática em 2020 devido ao impacto da pandemia de coronavírus (COVID-19).

Fonte: Statista

Apesar do aumento anual, o gasto total dos viajantes permaneceu bem abaixo dos níveis pré-pandêmicos, porém já é uma amostra da retomada do setor que em 2020 chegou a ter dados parecidos com os níveis de 1990

Apesar dos fatores externos, como cancelamentos de voos, atrasos de trens e aumento dos preços dos combustíveis, os viajantes voltaram a reservar e fazer viagens – mas onde e como eles viajam se tornou diferente em comparação com antes da pandemia.

Neste artigo, iremos mostrar a mudança no comportamento dos viajantes, como você pode aproveitar essa oportunidade e as tendências que você precisa ficar de olho.

Novos hábitos nas viagens: Comportamento do viajante 4.0:

Depois de dois anos de restrições que alteraram viagens, roteiros e projetos, é evidente que a necessidade de viajar aflorou socialmente. Em âmbito nacional, o brasileiro tem dado cada vez mais importância à indústria de turismo e à hotelaria  de modo geral. 

Essa mudança de comportamento é ocasionada pelo fato de que a maioria dos viajantes atuais passam muito mais tempo na própria acomodação do que passeando. Eles valorizam escolher acomodações que priorizem uma estrutura mais elaborada e com mais comodidade.

Portanto, agora as acomodações passaram de um simples local para se hospedar enquanto se explora o destino para o local principal de exploração em uma viagem. Além disso, os turistas também passarão a valorizar mais a saúde, humanização, experiências, sustentabilidade e hiperconexão.

Indo de acordo com isso, o Airbnb divulgou recentemente um estudo para avaliar como (e o quanto) a pandemia mudou o perfil do viajante brasileiro. Em 2020 e 2021 cresceu a procura de hospedagens por longa duração, sendo que o número de reservas mais longas (acima de 28 dias) foi 24% maior que em 2020. No mundo todo, cerca de 80% dos anfitriões estão aceitando reservas desse tipo.

O crescimento das agências onlines de viagens pode ser visto através do gráfico abaixo:

Fonte: Statista

Segundo um estudo publicado pela MorningConsult , o impacto da pandemia no comportamento de viagem pode ser visto e analisado através de um questionamento feito a respeito dos seguintes fatores que tornavam os viajantes mais ou menos dispostos a viajar no país em comparação com antes da pandemia:

Fonte: MorningConsult

No momento em que viajar se tornou uma ação de risco à saúde, devido aos impactos pandêmicos, o seguro viagem passou a ser uma prioridade para todos os viajantes, fazendo com que um dos comportamentos mais relevantes dos mesmos fossem incluindo a procura por seguros que tenham cobertura para Covid-19. 

Outros efeitos da mudança de comportamento do viajante, podem ser vistos através da  pesquisa realizada pelo Foresight Factory e pelo Customer Lab, do Grupo Allianz Partners, em maio de 2022, que mostra um aumento considerável nas buscas por destinos que tenham como foco no turismo sustentável, a valorização de experiências culturais e de destinos que os desconectem de tecnologias.

Menos burocracia e mais digitalização: Como a sua empresa pode se beneficiar? 

Com o cenário atual, não é novidade que a expansão no setor de turismo está ocorrendo. Porém, você sabe como acompanhar esse crescimento e fazer a sua empresa se destacar?

Os consumidores atuais estão buscando mais humanização e comodidade nas empresas. Portanto, toda a experiência da jornada do cliente – antes, durante e após viagem – deve ser repensada visando despertar vínculos fortes e diferenciados.

Além disso, acompanhando as tendências comportamentais e as tendências tecnológicas no setor de turismo, é possível ver que não há mais tempo para esperar por soluções ou automações. A hora de investir e se destacar, é agora.

O crescimento da sua empresa depende das decisões que você toma, mas também depende em que momento você as toma.  Com a implementação tecnológica, você agrega automação, redução de custos e otimização de tempo ao seu negócio.

Seja para vender o seu serviço, pacotes de viagens, personalizar a comunicação com o seu cliente, ou até mesmo fazer a gestão de documentos internos e externos da sua empresa, a melhor opção para alcançar a nova geração de viajantes pós-pandemia é investir em tecnologia.

Insights do setor de turismo que você precisa ficar de olho:

Para que você se destaque no mercado, é preciso estar a par das tendências e dos insights do setor. 

O crescimento exponencial do turismo tem gerado uma grande abertura de novas empresas, com novos diferenciais e consequentemente aumentando a competitividade.  Dessa forma, para que você vá além das fórmulas prontas, aqui estão algumas dicas:

  1. Comunique o seu valor:

Invista em comunicação visando mostrar para o mercado e para os seus clientes, os motivos que valem a precificação pelos seus serviços. Tenha um diferencial.

  1. Treine a sua equipe com os propósitos e valores da sua empresa:

Tenha como foco metas internas e externas de comunicação voltadas para unificação e personificação do que é a sua empresa. Não deixe pontos soltos, uma equipe que fala a mesma língua comete menos erros e vende melhor uma empresa.

  1. Personalize a experiência do cliente:

Entenda que a sua interação com o seu cliente vai além de uma simples venda, pois ele pode divulgar o seu serviço de forma positiva como também pode divulgar de forma negativa. 

Portanto, dar uma experiência personalizada e diferenciada, faz com que a sua empresa chegue mais perto da dor de cada cliente e tenha uma redução na taxa de insatisfação.

  1. Seja coerente nas estratégias adotadas para os canais de vendas:

Faça investimentos nesses tipos de canais, após investir em conhecer o seu público alvo e as dores deles. Não adianta estar em todos os canais, é preciso saber qual é a melhor opção para o seu negócio e não medir esforços e investimentos para o canal escolhido. 

Por exemplo, se a sua empresa lida com mais facilidade com aplicativos de mensagens instantâneas, porque não investir em reservas via WhatsApp? Analise o cenário e a sua realidade para implementar soluções tecnológicas.

A mudança no comportamento do viajante não foi algo previsto pelo setor, mas sim ocasionado por questões externas. Sendo assim, alterar a forma com que as viagens eram feitas fez com que o setor tivesse que se reinventar.

As adaptações e implementações tecnológicas foram um divisor de águas para o setor de turismo, pois foi a partir disso que o setor recomeçou a sua expansão e que moldou o comportamento atual do viajante.

Esse comportamento vem priorizando questões ambientais, a humanização das empresas, e a imersão em destinos antes impensados. Portanto, há diversas oportunidades de crescimento com base nas novas exigências dos viajantes.

Saber aproveitar o momento certo e investir nas oportunidades que mais se adequam a sua empresa e ao seu público, é o grande diferencial mercadológico neste momento.

A Clicksign é a solução ideal para acelerar o crescimento do seu negócio! Se você deseja saber mais sobre como a Assinatura de Documentos Online pode revolucionar os seus processos, clique aqui e fale com um especialista.

Avalie esse conteúdo

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *