Estamos contratando, veja nossas vagas.

Blog

Receita médica digital: facilidade para médicos e pacientes

médico utilizando tablet para criar receita digital
Tecnologia

Receita médica digital: facilidade para médicos e pacientes

A receita médica digital é mais um dos resultados do avanço tecnológico beneficiando áreas essenciais da nossa vida. Com ela, o processo de prescrição de medicamentos ficou muito mais rápido e prática, até mesmo evitando que pacientes fiquem sem remédios recorrentes por conta do distanciamento social.

Quando o assunto são as melhorias em ferramentas para a medicina, é comum lembrarmos de máquinas de exames super avançadas ou em como as cirurgias podem ser feitas de forma mais fácil hoje em dia. Mas se pararmos para pensar, conseguir uma prescrição de remédio sem precisar sair de casa é uma tecnologia bem mais presente em nosso cotidiano; e que faz toda a diferença, principalmente no contexto de pandemia.

Esse avanço só foi possível a partir de uma lei implementada em setembro de 2020 e, por ser algo ainda recente, acaba gerando muitas dúvidas tanto em médicos quanto em pacientes. Para trazer respostas de forma simples e que te ajudem a acrescentar essa facilidade em seu dia a dia, a Clicksign preparou esse texto. Continue com a gente e saiba mais sobre as receitas digitais!

Receita médica digital: o que é e como funciona?

A receita digital é uma forma de prescrever medicamentos por meio de um documento online. Os médicos preenchem todas as informações – nome do medicamento, quantidade que deve ingerir, tempo entre as doses –, e envia para o paciente como um arquivo PDF por e-mail, aplicativo de mensagens ou SMS.

Dessa forma, não é necessário que ambos se encontrem para a entrega da receita. É uma opção prática e que protege a todos na época que o distanciamento social é a recomendação número um. Você não precisa nem sair de casa para conseguir todos seus medicamentos, já que hoje a grande maioria das farmácias têm a opção de entrega residencial.

Não são todos os remédios que são permitidos ser receitados dessa forma, mas uma grande variedade pode ser obtida assim – até mesmo ansiolíticos, antipsicóticos e outras formulações controladas. Diferentes de uma receita digitalizada, em que você possui uma cópia física e usa um scanner para tirar outra, as receitas médicas digitais são 100% online.

Esses avanços só existiram após a criação da Lei 14.063/20, que é uma das leis que regulamentam as assinaturas digitais para o governo. Veja um pouco mais sobre!

Entenda o que é a Lei da Assinatura Digital

Quando o contexto em que vivemos muda, é preciso desenvolver novos métodos e procedimentos para que possamos continuar realizando certas atividades. A lei da assinatura digital é uma dessas novas formas que encontramos para passar pelo momento da pandemia do Covid-19 de uma forma melhor em diversos setores.

Após a permissão para consultas serem realizadas virtualmente, em 23 de setembro de 2020 o governo brasileiro permitiu que documentos oficiais, incluindo atestados e receitas médicas, fossem assinados digitalmente. A Lei 14.063/20 traz uma divisão de diferentes tipos de assinaturas, e as que são válidas para área da saúde são as chamadas de Assinaturas Eletrônicas Qualificadas (A3).

O certificado digital é um dos requisitos para tirar sua assinatura digital, pois ele comprova que o documento é oficial, e que não sofreu alterações. Ele é indispensável para médicos e farmacêuticos que querem fazer uso de meios online para trabalhar prescrições de remédios.

Essa decisão dos órgãos legais trouxe uma melhoria para diversas áreas, mas na saúde podemos destacar algumas muito importantes. Veja mais sobre esses benefícios!

Benefícios da receita médica digital

Como já adiantamos, a receita médica digital foi uma ferramenta essencial para os momentos mais complicados da pandemia. Mas suas vantagens vão bem além da proteção de profissionais da saúde e pacientes, ainda que essa seja uma das principais. Confira alguns outros benefícios de adotar essa prática:

  • Maior segurança na autenticidade de documentos médicos;
  • Economia de papel e recursos financeiros em clínicas e hospitais;
  • Um impacto ambiental positivo, ao gerar menos papéis para o descarte;
  • Agilidade para prescrever medicamentos;
  • Pacientes não precisam pausar o uso de remédios contínuos por falta de atendimento presencial;
  • É possível preencher uma receita médica de qualquer lugar ou dispositivo sem perder a validade desse documento.

Dá para imaginar quantas pessoas foram beneficiadas com esse tipo de prescrição? É válido lembrar que aderir ao uso de receitas virtuais não é obrigatório, mas é uma prática muito positiva tanto para médicos quanto para pacientes.

Se quiser mais motivos para se convencer a conseguir sua assinatura digital, leia nosso post “Saúde: como as soluções digitais podem acelerar esse mercado“!

Assinatura digital para médicos: como ter uma?

Para conseguir sua assinatura digital, é necessário adquirir um certificado regulamentado pela ICP-Brasil (Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira). Com ela é possível prescrever medicamentos, dar atestados para pacientes que precisam faltar em suas atividades e assinar documentos oficiais de vários tipos.

Aqui na Clicksign, nós facilitamos todo esse processo e você pode adquirir sua assinatura digital de forma bem mais prática, com toda a certificação necessária. Dessa forma, você moderniza sua forma de atendimento sem se preocupar com burocracias.

As receitas digitais trouxeram agilidade para médicos e pacientes. Então, se você quer saber como poderá comprar seus medicamentos com essa opção, nós te explicamos!

Saiba como comprar seus remédios com a receita digital

Os pacientes que receberam uma receita digital pela primeira vez podem ter dúvidas sobre como devem fazer para comprar seus remédios. A única diferença entre essa forma e a tradicional é que, para manter a segurança e autenticação desses documentos, precisará entrar no Validador de assinatura eletrônicas em documentos digitais de saúde.

Essa ferramenta está disponível no site do governo e necessita apenas que o paciente coloque o arquivo enviado pelo médico, para que seja possível identificar a originalidade da assinatura. Com essa etapa feita, é só entrar em contato com a farmácia de sua preferência para ver a disponibilidade dos remédios receitados.

Você já conhecia a opção de receita médica digital? Nos conte o que achou dessa solução que melhora a qualidade do atendimento e o deixa mais prático para profissionais e pacientes. No blog da Clicksign você encontra muitos conteúdos para otimizar processos que irão ajudar sua empresa, não deixe de conferir!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading...