Estamos contratando, veja nossas vagas.

Blog

TI na saúde: a importância da automação para o setor

Médico utilizando notebook, com estetoscópio em cima de sua mesa
Tecnologia e Negócios
Segmento:

TI na saúde: a importância da automação para o setor

A transformação digital que vem ocorrendo há décadas torna o mundo cada vez mais tecnológico e automatizado. Com isso, as inovações tecnológicas trazem mudanças significativas nos processos a cada instante, facilitando as metodologias de trabalho. Na saúde, não seria diferente.

A tecnologia da informação (TI) na saúde é um assunto relativamente novo, mas muitas instituições já se deram conta dos ganhos que a automação e a gestão digital de documentos têm trazido para os negócios, permitindo avanços que não eram possíveis antes.

Nós somos apaixonados por tecnologia e, neste post, vamos te mostrar a importância da TI na saúde e como a automação traz retornos positivos para a gestão de clínicas e hospitais. Vamos lá?

O que é TI na saúde?

Quando falamos em TI na saúde, estamos relacionando todo investimento que é feito em tecnologias para o aprimoramento de processos relacionados à saúde, em qualquer ambiente, desde hospitais, laboratórios e clínicas.

A tecnologia está presente desde a recepção até a entrega de resultados e diagnósticos, passando por todos os processos de saúde e também administrativos, que regem a gestão. Com a gestão eficaz da TI na saúde, é possível reduzir custos, otimizar processos e aumentar o faturamento.

Como a tecnologia pode melhorar a saúde?

Como adiantamos anteriormente, a tecnologia e suas inovações melhoram processos e tornam a rotina de pacientes, profissionais, hospitais e clínicas mais práticas e simples.

O uso de inteligência artificial (IA), por exemplo, pode fornecer atendimento mais conveniente e personalizado aos pacientes e criar substancialmente mais valor para o setor como um todo – até US$ 410 bilhões por ano até 2025 – especialmente após a aceleração da digitalização de processos causadas pela pandemia da COVID-19.

Pensando nisso, separamos algumas evoluções tecnológicas que vêm fazendo a diferença:

Computação na nuvem

É o serviço que permite armazenar dados dos sistemas na nuvem. Com a digitalização de documentos cada vez mais constante, é uma tecnologia que traz mais controle e maior organização aos documentos, além de guardá-los com mais segurança.

Além disso, é uma grande oportunidade de economizar espaço físico de forma organizada. Recomendamos a leitura do nosso artigo com tudo sobre a digitalização de documentos, para você entender mais sobre as vantagens deste processo.

Big Data

É a expressão que é usada para a análise e interpretação de um amplo volume de dados para auxiliar na tomada de decisão.

Todas as informações coletadas podem ser utilizadas de alguma maneira pela instituição: para gerar relatórios, prever cenários, levantar gaps e tantos outros indicadores. Fazer isso sem o apoio da tecnologia pode ser um trabalho hercúleo.

Agendamento de atendimentos

Com softwares mais adequados, as instituições de saúde podem realizar agendamentos on-line e agilizar os processos de atendimento, identificar o fluxo de atendimento (quantos pacientes foram atendidos e quanto faltam, por exemplo).

Imagine identificar tudo isso em uma lista de papel? Não seria viável e ainda estaríamos passivos de possíveis erros humanos, perda de registros e muito mais.

Automação de equipamentos

A tecnologia também trouxe equipamentos mais modernos e que oferecem aos profissionais mais autonomia e diagnósticos mais rápidos, eliminando também as possibilidades de erros humanos e alterações nos resultados.

Telemedicina

A telemedicina tem sido cada vez mais utilizada, pois médicos já realizam consultas e até acompanham procedimentos cirúrgicos de forma remota, aproximando a relação de confiança entre médico e paciente.

Resultados de exames, receitas e atestados online

Com a tecnologia da assinatura digital, os hospitais e clínicas podem emitir documentos online com certificação digital, trazendo mais rapidez e segurança para os processos. Os médicos, por exemplo, podem emitir receitas médicas digitais e facilitar a comunicação com seus pacientes.

Contar com uma solução que disponibiliza a assinatura digital confiável, facilita e muito esses processos de assinaturas legais para documentos online.

A Clicksign desenvolveu um software que oferece a assinatura digital com validação jurídica. Com ela, você escolhe o documento e as formas de autenticação e envia a assinatura por e-mail ou SMS, com ou sem certificação digital. Caso tenha interesse em conhecer a solução mais a fundo, fale com a nossa equipe!

Esses são alguns exemplos de como a tecnologia vem facilitando a gestão digital de hospitais e clínicas, porém, há um outro processo que vem ganhando espaço na área da saúde e tem atraído olhares dos gestores: a automação hospitalar.

O que é automação hospitalar?

Como falamos anteriormente, o investimento em TI traz benefícios tanto para o paciente, quanto para o profissional. E a automação hospitalar é a grande responsável por tornar os processos mais fáceis e fluidos nos hospitais, justamente por otimizar processos e agilizar a forma como as rotinas são executadas.

Nesse sentido, uma variedade de dispositivos inteligentes tem o potencial de fornecer suporte aos profissionais de saúde. Por exemplo, a tecnologia de voz poderia ajudar a transcrever dados clínicos, o que significaria menos trabalho administrativo para os profissionais de saúde, dando-lhes mais tempo para se concentrar no atendimento ao paciente.

Espera-se que os assistentes virtuais decolem na próxima década. De fato, o mercado de assistentes virtuais de saúde está projetado para atingir US$ 2,8 bilhões até 2027, com um CAGR de 27% .

Qual a importância da informatização e automação nos hospitais e clínicas?

Empresas que atuam no segmento de saúde e não se modernizam ficam para trás, já que a tecnologia está evoluindo cada vez mais e propiciando que empresas se diferenciem no mercado.

Veja a seguir, as principais vantagens em investir em processos automatizados nos hospitais e clínicas, que trazem benefícios para todos.

Atendimento do paciente

Os processos de automação oferecem mais agilidade na identificação dos pacientes e nos cadastros, o que traz uma boa percepção do paciente quanto ao atendimento.

Além disso, poder receber receitas, atestados e resultados assinados digitalmente de forma online é algo que facilita a vida dos pacientes e aumenta a sua satisfação com a instituição.

Segurança das informações

A tecnologia garante uma maior segurança nas informações. Com a certificação digital, por exemplo, os pacientes conseguem validar documentos e laudos médicos e atestar sua veracidade.

Além da segurança na proteção de dados e na LGPD, com a certificação digital a instituição de saúde consegue comprovar que os resultados gerados no laboratório são reais, dando mais segurança contra fraudes e golpes de pacientes mal-intencionados.

Agilidade nos processos de contratação

Imagine a correria dentro de hospitais e clínicas, e o volume de pessoas que circulam por lá todos os dias.

Com a automação de processos e a gestão digital dos documentos, é possível agilizar as assinaturas de contratos com funcionários, fornecedores e pacientes em poucos cliques. Chega de papelada e perda de tempo!

Produtividade dos funcionários

Enquanto um funcionário precisava fazer todos os passos do atendimento manualmente, com os processos informatizados menos tempo é demandado para isso: o gestor poder contar com ele atendendo mais pessoas em menos tempo, melhorando o fluxo de atendimento.

Otimização de custos

Com a digitalização de documentos e processos automatizados, o hospital ou clínica deixar de gastar com um grande volume de papel, tinta de impressora, energia elétrica… É um ganho de processo e de economia de recursos!

Inteligência artificial na leitura de documentos

A inteligência artificial na leitura de documentos verifica e extrai informações desses arquivos, de forma rápida e automatizada, e traz ganhos para as instituições. Para saber mais recomendamos a leitura do artigo inteligência artificial e documentos digitais, confira.

Gestão digital de documentos: o que é?

Por fim, não poderíamos falar sobre automação hospitalar e de clínicas, sem falar da gestão digital de documentos. O gerenciamento eletrônico de documentos (GED) é um sistema que oferece o acesso monitorado a todos os documentos de uma instituição, e armazena os arquivos digitalizados na nuvem, garantindo controle e segurança total dos acessos.

Essa metodologia facilita que os documentos sejam encontrados apenas com poucos cliques. Imagine uma rotina onde você precise encontrar documentos arquivados no papel, o trabalho que seria? Esse processo facilita e muito a rotina.

Separamos um artigo completo que fala sobre a Transformação Digital na Gestão de Documentos e seus benefícios, não deixe de ver!

 
Avalie esse conteúdo

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *