Estamos contratando, veja nossas vagas.

Blog

Empreendedorismo verde: a sustentabilidade como política de crescimento

thumbnail_f5db05db1f94137b533ecb610829b4e9_17-05-empreendedorismo-verde-a-sustentabilidade-como-politica-de-crescimento-sem-titulo
Negócios

Empreendedorismo verde: a sustentabilidade como política de crescimento

A sustentabilidade está no centro de todas as discussões sobre o futuro dos negócios e da tecnologia como um todo. A transformação digital torna cada dia mais real a possibilidade de um novo modelo produtivo e empreendedor, e torna cada vez mais públicas as responsabilidades com o meio ambiente. O empreendedorismo verde é um tema inadiável na jornada das empresas e você confere mais sobre ele aqui!

O que significa o empreendedorismo verde?

Desde o final do século passado, a emissão de carbono e a destruição de áreas verdes tem sido um dos principais temas das políticas multilaterais internacionais, e delas surgem tratados importantes, como o de Quioto, que adotam medidas para diminuir consideravelmente a emissão de carbono na atmosfera.

O crescimento vertiginoso que a indústria e seus ramos teve, junto do consequente aumento de consumo e a dependência de fontes de energias não-renováveis acendeu um alerta vermelho na condução de todas as atividades no mercado.

O que é geralmente chamado de empreendedorismo verde significa a política empresarial de se trabalhar de maneira sustentável. Cada tipo de empreendimento tem uma particularidade na forma como produz: as indústrias e os escritórios têm atividades muito distintas, e cada uma é capaz de encontrar maneiras de reduzir seu impacto no meio-ambiente.

Por que devo considerar o empreendedorismo verde?

A urgência ecológica não é mais apenas uma questão de princípios; diminuir suas pegadas de carbono (o volume de poluição produzido) tem se tornado uma medida para aumentar a economia no ambiente.

Mais do que isso, uma cultura mais sustentável dentro do ambiente de trabalho tem impactos muito positivos nos sentimentos e na proatividade dos colaboradores: pessoas que se sentem fazendo a diferença têm mais estímulos de transformar mais áreas de suas vidas, dentro e fora de casa. Um gesto produtivo tem um grande poder multiplicador.

Atividades com alto impacto em pegadas de carbono vão se tornar cada vez mais caras e mais punitivas no bolso das empresas, enquanto atividades sustentáveis – uso de energias renováveis, reciclagem e reaproveitamento, implementos para aumentar a efetividade de recursos hídricos e afins – irão garantir, mais do que isenções, selos de qualidade importantes para a reputação da empresa.

Praticar a sustentabilidade tem um enorme poder de marketing: ter um selo de empreendedorismo verde facilita créditos e funciona como um importante distintivo junto aos consumidores mais exigentes. A sustentabilidade já é um dos maiores critérios entre clientes, que abre diversas portas para colocar seu empreendimento no patamar de outras grandes empresas.

Como aderir ao empreendedorismo verde

Fazer parte do empreendedorismo verde pode ser mais simples do que se imagina, e você pode começar hoje mesmo a tomar medidas transformadoras em seu ambiente de trabalho. Confira as principais medidas em ambientes de escritório que são práticas e efetivas:

Crie uma cultura sustentável

O pontapé inicial de uma cultura sustentável dentro do ambiente de trabalho é a comunicação. Não deixe de fazer uma reunião com todos os colaboradores para apresentar o projeto, discutir melhorias, feedbacks e outros implementos possíveis.

É importante que todos saibam e participem das novas diretrizes da empresa: crie avisos amigáveis nas lixeiras, explicando o que cada uma deve conter, faça cartazes criativos no banheiro, crie um calendário para levar o lixo. A educação ecológica pode ser tema de reuniões, cursos e webinars, para que todo o time esteja instruído em como ser vigilante nessas questões.

Adapte o ambiente

Muitos escritórios são salas alugadas, que permitem poucas mudanças na estrutura, mas há algumas modificações simples e bastante efetivas que podem ser realizadas no espaço de trabalho.

– Use temporizadores nos eletrônicos e troque os filtros de linha regularmente para evitar escapes de energia;
– Compre lâmpadas de LED; além da maior durabilidade, elas têm boa potência e performance;
– Sempre que possível, aproveite a luz do dia;
– A maioria dos computadores hoje em dia têm funções para economia de energia, explore essas funções;
– Crie mecanismos para reutilizar a água da pia;
– Compre uma caixa de privada com diferentes níveis de água, para evitar desperdícios;
– Tenha uma composteira para descartar restos de marmita;
– Troque papéis descartáveis por toalhas e copos por copinhos de papel ou presenteie a equipe com canecas individuais.

Incentive o o home-office e o compartilhamento de automóvel

Os automóveis continuam entre os principais vilões em relação aos impactos no meio ambiente. Muitos dos veículos no trânsito são usados por apenas uma pessoa, causando uma emissão desproporcional de combustível.

Criar incentivos para o compartilhamento de carros é fundamental para garantir mais sustentabilidade e mesmo agilidade na rota entre casa e trabalho.

Os tempos de pandemia têm mostrado um ótimo nível de produtividade no home office. O trabalho remoto é uma das grandes soluções, não apenas para diminuir o impacto no trânsito mas também para diminuir o consumo no ambiente de trabalho, diminuir os custos com transporte, oferecer mais conforto aos colaboradores e ainda ganhar em produtividade.

Automatize processos

Chegamos em um dos pontos-chave ligados à transformação digital: uma série de processos podem ser otimizados e automatizados, diminuindo consideravelmente a necessidade de viagens de motoboy para coletar e autenticar documentos, que pode ser substituída pelo processo de assinaturas eletrônicas.

As mesmas assinaturas eletrônicas, somadas ao ambiente de segurança de rede e organização de arquivos, podem diminuir drasticamente o consumo de papel e também de espaço onde os antigos arquivos costumavam ficar. Agora tudo pode ficar disponível na nuvem, para ser acessado com segurança, com uma dinâmica de arquivamento extremamente prática.

O uso de upload na nuvem também amortece um impacto pouco discutido: o de servidores. Servidores tradicionais podem ser ineficientes e ter um consumo elevado de energia, enquanto o armazenamento em nuvem é capaz de criar criptografias otimizadas que aumentam em muito a qualidade de armazenamento.

Viu como medidas objetivas podem ser tomadas hoje mesmo para otimizar o fluxo de trabalho, diminuir custos e alçar sua empresa a um novo patamar de qualidade?! Com a Clicksign você transforma seus processos e aqui em nosso blog confere os melhores conteúdos para o universo empresarial!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *