Estamos contratando, veja nossas vagas.

Como o uso de “token” tem mudado o setor financeiro

Tokenização no setor financeiro
Tecnologia e Negócios
Segmento: ,

Como o uso de “token” tem mudado o setor financeiro

O mercado digital  tem oferecido soluções que visam democratizar a economia, com opções criativas que estimulam a diversificação das oportunidades de negócio no ambiente virtual. Sendo um grande exemplo disso,  o aumento do interesse e da  utilização do token.

A tecnologia financeira não é novidade mas o seu crescimento através das fintechs e do uso das criptomoedas vem sendo sentido nesses últimos anos. E não para por aí, esse crescimento vem se tornando uma tendência no setor financeiro.

Segundo um estudo feito pela Grand View Reserch, o segmento de tecnologia baseado em getway terá uma expansão de 25,26% e a tokenização deverá ajudar a movimentar cerca de  US$ 13,5 bilhões (R$ 70 bilhões, na cotação atual) até 2030.

É notório que as inovações trazidas pela digitalização estão em alta, e entender a dimensão que elas possuem pode ser um grande diferencial mercadológico.

Neste artigo você entenderá o que é “Tokenização”, qual a diferença desse modelo para outros cripto ativos e o seu impacto no setor financeiro.

O que é a tokenização?

Com toda facilidade tecnológica, muitas das invenções que vemos atualmente eram apenas ideias projetadas no imaginário social através de filmes, desenhos e séries. Porém, hoje elas se tornaram reais. Você consegue imaginar um mundo onde é possível transformar qualquer ativo real em digital?

Com o “token” e o movimento de tokenização isso vem se tornando real e revolucionando o mercado financeiro. Essa tendência trouxe a possibilidade de tornarmos os bens físicos, produção intelectual, artística e uma infinidade de produtos e serviços transformados em tokens a partir da inserção na tecnologia blockchain.

O termo “token” pode ser definido como um registro de valor ou direito contratual digital de um determinado ativo, que está protegido por meio de criptografia em blockchain. Já a tokenização corresponde ao processo de digitalização de ativos.

Tokenização nada mais é do que transitar valores, propriedades, registros, via internet, de um lugar para o outro. O token representa digitalmente um ativo físico, um ativo real. O potencial disso é que qualquer produto que seja tanto físico quanto digital pode ser representado por um token.” – André Portilho, sócio do BTG Pactual 

Esse mecanismo começou a ser popularizado após a abertura digital feita pela revolução das fintechs, mas foi em 2018 o início da tokenização de ativos financeiros e o lançamento de algumas plataformas de security tokens, nos EUA e na Europa, que essa inovação se consolidou como tendência.

De forma prática, quando falamos em tokenização estamos falando de um “reflexo digital” de ativos físicos, mas que continuam existindo no mundo real, ou que são criados diretamente no blockchain. Sendo exemplos disso, os valores mobiliários (ações, títulos de renda fixa, cotas de fundos de investimentos, moedas fiduciárias) e os ativos não financeiros (imóveis, patentes, obras de arte, músicas).

A tokenização permite a divisão de ativos em partes menores, o que torna grandes investimentos (antes restritos a investidores de alta renda) mais democráticos, por serem mais acessíveis, e mais acessíveis por ampliar a gama de investidores.

Com toda essa repercussão no setor, o mercado vem criando cada vez mais tipos de token’s para atender ao público, exemplos: Payment tokens, Utility tokens, Non-fungible tokens (NFT) e Security tokens.

Portanto, falar de token não se resume a falar de blockchain. Como toda inovação, o uso de blockchain tem sido importante tanto para construção de novas ideias como de novas vertentes. Assim como entender a relação entre assinatura digital e blockchain foi importante, entender a relação entre token é essencial para o mercado atual.

Entenda os benefícios do Token:

A digitalização no setor financeiro proporcionou a estruturação de novos modelos de negócios, com base nas suas vantagens e desvantagens.

Para a maioria das startups, investir em novas tecnologias é primordial para se inserir no segmento. Como o boom do metaverso, é preciso saber o momento certo e estar atento para ter clareza no que implementar e investir.

O grande interesse pelos Tokens está nas suas vantagens, já que de forma estratégica ele pode ser uma excelente maneira de criar fidelização para clientes e até mesmo parte central de um planejamento direcionado para a cultura empresarial. Além disso, aqui estão algumas vantagens da tokenização:

  1. Acesso: 

Com a tokenização não há a necessidade de uso do modelo tradicional do setor, pois  não há a necessidade de que uma instituição faça a intermediação das transações. Dessa forma, facilitando com que qualquer pessoa possa investir em ativos de alta performance e que a liquidez para os donos desses ativos seja muito maior. 

  1. Proteção:

O uso da tecnologia blockchain possibilita que o token tenha um alto nível de confiabilidade e segurança, já que essa tecnologia e os smart contracts servem como uma barreira de segurança extremamente difícil de ser burlada ou alterada.

  1. Transparência: 

Todos os registros das negociações de tokens ficam salvos na blockchain e podem ser consultados pelos participantes a qualquer momento em qualquer lugar.

  1.  Eficiência: 

Como há a diminuição do número de intermediários no processo, a tokenização reduz os custos das operações e faz com que elas sejam mais ágeis e menos burocráticas.

  1. Divisibilidade: 

Os tokens são sempre pequenas frações dos ativos, e por isso há uma maior variedade de ativos digitais transacionados através da divisão de ativos grandes em partes melhores. Dessa forma, gerando uma democratização maior permitindo que você invista em ativos incomuns até então e por valores baixos.

Com todas essas vantagens, a Tokenização vai além de transformar um ativo real em partes digitais para que possam ser negociados mais facilmente. Ele possibilita que você gere retornos a partir de ativos aos quais você nunca teria acesso pela bolsa de valores.

Impactos do Token no setor financeiro:

O mercado financeiro lida todos os dias com trilhões de dólares, mas atualmente a digitalização do setor tem lidado com um número ainda maior. Por mais que o setor ainda esteja na vanguarda quando o assunto é tecnologia, as fintechs, como a peer 2 peer, e o blockchain se tornaram um marco.

Existem mais de 34 milhões de brasileiros que não possuem conta no banco, segundo um estudo publicado pelo Valor Investe, ou seja as pessoas com um rendimento baixo ainda tem dificuldade para abrir uma conta e não possuem acesso a outros serviços de crédito por conta da burocracia.

Para que você tenha uma ideia de como a tokenização promove a democratização dos investimentos, quando falamos dos direitos creditórios de pequena monta, abaixo de R$ 10 milhões, temos um volume pequeno para realizar uma transação no mercado de capitais. Porém, quando lidamos com o segmento de tokens, R$ 1 milhão ou R$ 500 mil já é um direito creditório extremamente interessante em termos de negócio.

Com a tecnologia do token, esses processos burocráticos perdem ênfase e é possível alcançar essas pessoas e fazer com que elas possuam ativos com movimentação mercadológica. Isso tudo feito sem que as mesmas paguem taxas exorbitantes ao sistema financeiro tradicional.

As trocas comerciais feitas por blockchain e pelo token são mais rápidas, eficientes e mais acessíveis para todos. Essas inovações também estão sendo importantes para as empresas, já que permite que haja um processo mais transparente nas iniciativas de responsabilidade social corporativa. 

Em âmbito empresarial, o grande diferencial é que com o uso do token é possível rastrear os valores arrecadados e transacionados até chegar ao beneficiário  e contabilizar o impacto gerado pelas ações. Dessa forma, gerando mais confiabilidade mercadológica para a sua empresa e mais transparência para os seus colaboradores.

Analisando a retrospectiva dos últimos anos, é evidente como o setor financeiro mudou e englobou novas tecnologias digitais como o token.

A necessidade de digitalização no setor foi aguçada pelas restrições da pandemia, onde precisavam evitar aglomerações e ao mesmo tempo traçar estratégias para que os impactos não fossem desastrosos para o mercado financeiro.

Dentre essas inúmeras soluções, veio o token, mas ele só conseguiu ser consolidado em 2021. Hoje é praticamente inviável pensar em um mundo sem as facilidades dessas inovações e sem o uso da tokenização. A facilidade e as vantagens que esse modelo traz são imprescindíveis para a democratização, para as empresas e para as pessoas físicas.

Finalmente, se você também deseja digitalizar os seus processos, como já fazem as principais empresas do mercado, a Clicksign é a solução ideal para acelerar o crescimento do seu negócio!

Saiba mais sobre como a Assinatura de Documentos Online pode revolucionar os seus processos, faça um teste gratuito e veja como é possível fazer uma assinatura, com validade jurídica, em menos de 1 minuto. Experimente, não requer cartão de crédito!

Avalie esse conteúdo

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *