Estamos contratando, veja nossas vagas.

Blog

5 dicas para fazer uma venda remota assertiva e efetiva!

homem fazendo venda remota pelo computador
Business

5 dicas para fazer uma venda remota assertiva e efetiva!

Possivelmente “home office” é uma das expressões que você mais tem ouvido neste dois anos unidas com isolamento social, não é? Mas e as vendas remotas, onde se encaixam nessa explanação?

Pode ser que você também já tenha ouvido falar sobre, mas será que não está confundindo com e-commerce? O trabalho remoto teve sua conceituação e aplicação ampliada e, talvez por isso, a venda remota possa ainda ser algo muito relacionado aos negócios online, mas não é só isso.

Entender como a sua atividade comercial pode ser desenvolvida sem necessariamente precisar de um espaço físico imutável para isso é dos braços da venda remota, mas existe muito mais. Vem conferir nosso conteúdo e algumas dicas para fazer uma venda remota efetiva!

Venda remota e venda tradicional: o que as difere?

Explicar separadamente esses dois modelos de venda pode não ser tão interessante quanto traçar um parâmetro conjunto sobre ambas. Se a venda convencional é aquela feita pelo colaborador nas dependências de uma empresa, de forma pessoal, a venda remota é aquela que poderá muito bem ser realizada fora e além desse espaço físico profissional.

A transformação digital e a venda remota

Com a constante inovação digital que o mundo tem vivido, não é mais do que plausível que as empresas sigam o mesmo caminho, e é por isso que as vendas online de produtos e serviços por meio de e-commerces, redes sociais ou até em videochamada são muito mais difundidas do que antes, e inclusive preferidas por muitos.

A preocupação, então, passou a ser sobre o fechamento seguro e eficaz dessas vendas remotas. Claro que os e-commerces possuem site seguros que registram todo o processo de venda, mas e quando você é empreendedor e não possui um site para vendas de seus serviços?

Alguns contadores, advogados, professores e afins precisam trabalhar em diferentes formas de fechamento de vendas, com contratos inteligentes, assinaturas digitais, etc.

A importância da venda remota para seu negócio

A pandemia obrigatoriamente implementou o sistema do trabalho remoto, e no começo isso pode ter sido um desafio sem precedentes, mas depois de um tempo nessa rotina, as pessoas não só se acostumaram como também notaram outras vantagens como:

  • maior produtividade: o trabalho à distância aumenta a produtividade e, por consequência, menos tempo é despendido com reuniões longas, interrupções e etc;
  • redução de custos: tanto para a empresa que investe e permite o home office como também ao colaborador que o executa, os gastos são bem menores com deslocamento, por exemplo, e em grandes centros quanto e menos tempo se passa no trânsito, mais tempo existe para desempenhar sua função habitual. Há, ainda, a chance de contratar funcionários de outras localidades sem que isso seja um problema;
  • alcance geográfico otimizado: pode ser que sua empresa queira se expandir, então vender para outras regiões e até países pode ser bastante interessante, e isso é, essencialmente, uma venda remota;
  • menores níveis de estresse dos funcionários.

É importante fazer constar que qualquer função do mercado de trabalho pode contar com o auxílio da venda remota, e inclusive pode otimizá-la com profissionais capacitados tão somente para esse fim – o vendedor remoto.

Dê um up no seu processo de venda remota

Mais da metade dos trabalhadores preferem trabalhar remotamente. Mas como garantir que a parte comercial do trabalho (seja por meio de uma equipe ou de um profissional) tenha uma melhor performance nas vendas remotas?

Parece complicado, mas, na verdade, é bem simples. Siga nossas dicas para garantir resultados interessantes em vendas remotas.

1. Invista no marketing digital

Como a comunicação é importante, é preciso encontrar as melhores formas de se fazê-la, e com uma equipe capacitada de marketing digital isso é possível. A excelente, bem planejada e bem feita comunicação oral e escrita na interação com os clientes é indispensável para dar início às estratégias de venda remota.

2. Invista em um sistema de gestão

Organizar as demandas de venda, definir fluxos de trabalhos bem como possibilidades de negociação delimitadas será interessante para uma venda remota mais assertiva e efetiva.

3. Promova treinamentos constantes

Os profissionais que trabalham com venda remota precisam de aprimoramento profissional e formação contínua sobre as novas tecnologias e formas de melhor se conectar com o consumidor, bem como sobre os produtos e serviços que oferecem. Agregar valor ao produto oferecido também vem daí.

O estudo deve ser constante em qualquer profissão e em todas as fases do processo. O time de marketing, por exemplo, pode auxiliar nessa formação ao repassar técnicas de coesão eficiente e métodos copywritter.

4. Automação de contratos

Bom, a parte mais importante e que realmente mostra se todas as demais estratégias adotadas são suficientes é o fechamento do negócio. Antes era impossível não ter de se deslocar para que seu cliente assinasse um contrato em cartório, por exemplo, para ser válido. Nos dias atuais, além de arcaico, isso não é mais necessário para comprovar a validade legal de um documento e sua assinatura.

Você já pensou em investir na automação de contratos? Criar, editar e armazenamento de documentos e contratos em ambientes online, por exemplo, poupam o trabalho de o colaborador ter que ir até a empresa para conseguir um modelo de documento para então acrescentar as particularidades do seu negócio.

E se isso é possível, assinar documentos à distância também é super viável, prático e totalmente seguro. O contrato virtual pode ser validado por todas as partes que dele participam em um ambiente também virtual, bastando apenas escolher qual plataforma de assinatura eletrônica você usará, fazer o upload do contrato e, depois de simples passos, finalizar a assinatura do documento. A Clicksign já fez um tutorial de como assinar documentos com certificado digital que lhe será muito útil.

5. Dê atenção ao pós-venda

Finalizar a venda não quer dizer que sua relação com o consumidor também está findada. Muito pelo contrário: é nesse momento que a fidelização desse cliente pode acontecer. Se você ofereceu o seu produto ou serviço como sendo de qualidade, espera-se que seja verdade.

Se você disparava e-mail marketing antes da venda remota, após isso também acontecerá. Manter a comunicação com seu consumidor é importante para que ele se sinta importante ao seu negócio e não só a venda era a meta.

Aliás, a prospecção de clientes pode ocorrer tanto no pré-venda como no pós-venda: se seu consumidor fala bem de você e das ferramentas tecnológicas que usa (assinatura eletrônica, por exemplo), muitos outros podem se interessar pelo produto ou serviço e pelo tratamento.

Com a Clicksign você tem autonomia para lidar com seu negócio mesmo em tempos em que tudo parece mais complicado. A vida remota é um upgrade na sua empresa, e não o contrário, e nós podemos te ajudar nesse passo adiante.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *