Clicksign

Ver todos

O que é market share? Sua importância, tipos e como calcular

Diante do dinamismo do atual cenário empresarial, marcado por uma corrida pela inovação, é normal que empresas disputem pela conquista de uma parte mais significativa do mercado. Essa parcela, também conhecida como market share, engloba a fração do público que a empresa conseguiu atrair, mensurando a relevância e a presença das companhias no mercado.

É uma medida que não apenas reflete a posição de uma empresa no cenário competitivo, mas também oferece insights sobre sua força relativa e direção estratégica, além de estar diretamente relacionada à receita gerada por essa porção do mercado. 

Neste texto, exploraremos o significado do market share, suas aplicações e a importância fundamental que detém no panorama empresarial.

banner teste grátis

O que é market share?

Market share, ou participação de mercado, é uma métrica que calcula a porcentagem que uma empresa detém em relação ao total de vendas ou receitas do mercado como um todo. Simplificando, é a fatia do bolo que uma empresa conquistou em comparação com todos os concorrentes presentes no mercado. Logo, o market share pode ser interpretado como um espelho da posição da empresa em relação aos concorrentes.

Essa medida pode ser calculada em termos de volume (quantidade de unidades vendidas) ou em termos de receita (valor monetário). Independentemente do critério adotado, o objetivo é quantificar, em porcentagens, a superioridade de empresas que operam no mesmo campo. 

Entenderemos mais sobre como calcular o market share em breve.

Por que o market share é tão importante?

O market share não é apenas um número estatístico: é uma ferramenta estratégica para as empresas moldarem suas abordagens de negócios, impulsionarem o crescimento e se manterem competitivas.

O acompanhamento do market share atrai o interesse de investidores e analistas por oferecer uma visão concreta das vendas da empresa em relação ao seu setor. Esse indicador reflete a dinâmica competitiva e é especialmente valioso quando apresenta resultados favoráveis, indicando que a empresa está se saindo bem em comparação com seus concorrentes diretos.

Além disso, o crescimento do market share pode conferir à empresa uma vantagem competitiva ao permitir a ampliação de suas operações. Essa expansão pode levar a economias de escala, frequentemente resultando em maior lucratividade.

Vamos nos aprofundar em alguns desses pontos.

Avaliação de desempenho e estratégia

O market share serve como um termômetro para medir o desempenho da empresa ao longo do tempo. O aumento ou diminuição da participação de mercado pode indicar se as estratégias adotadas estão dando resultados positivos ou se é necessário repensar as abordagens.

Além disso, ao permitir que as empresas comparem seu desempenho com os concorrentes, o market share acaba oferecendo uma perspectiva única de onde estas empresas se destacam ou onde podem precisar melhorar.

No entanto, é importante lembrar que a análise do market share deve ser realizada de maneira abrangente e não isolada, uma vez que esse indicador pode apresentar limitações em determinados contextos. É possível encontrar situações em que uma empresa aparenta possuir um market share elevado, mas isso pode não refletir necessariamente sua saúde financeira ou posição competitiva de forma precisa.

Um exemplo é quando uma empresa opta por adotar uma estratégia de preços excepcionalmente baixos para seus produtos ou serviços, atraindo uma quantidade considerável de clientes e impulsionando as vendas de forma imediata. Essa conduta, porém, poderia não ser sustentável a longo prazo, mascarando uma realidade subjacente. 

Influência nas decisões de investimento

Investidores desempenham um papel importante na avaliação do potencial de crescimento de uma empresa, e o market share é um dos indicadores que eles consideram com grande atenção. 

Assim, uma fatia maior do mercado muitas vezes é interpretada como um sinal positivo de que a empresa está ganhando terreno em relação aos concorrentes e está conquistando a preferência dos consumidores. Esse fator, por sua vez, influencia diretamente a confiança dos investidores no crescimento futuro da empresa.

Negociações com parceiros e fornecedores

Outro aspecto a considerar é que empresas com alto market share tendem a ter maior visibilidade e reconhecimento no setor. Isso pode atrair parceiros que desejam se associar a uma marca bem estabelecida e confiável. Assim, a empresa se torna um ator influente e desejável para outras partes envolvidas na cadeia de suprimentos e colaborações estratégicas.

Além disso, a empresa com um market share significativo tem maior poder de barganha. Ela pode negociar melhores termos e condições de compra, como preços mais vantajosos, prazos de pagamento mais flexíveis, quantidades de produtos mais favoráveis e até mesmo acesso a produtos exclusivos. 

Quais são os tipos de market share?

Existem dois tipos de market share, diferenciados entre market share de valor e de volume. Juntos, esses indicadores fornecem uma compreensão abrangente da posição da empresa em relação aos concorrentes e à indústria como um todo.

Entenda mais sobre cada um deles a seguir.

Market share de valor

O market share de valor é uma métrica que avalia a participação de mercado com base no valor monetário das vendas. Em outras palavras, ele mede a contribuição financeira de uma empresa em relação ao mercado total. 

Esse tipo de market share é particularmente relevante quando se deseja entender o impacto financeiro de uma empresa em seu setor. Ele pode ser calculado comparando a receita total da empresa com a receita total do mercado. 

Por exemplo, se uma empresa gera US$ 5 milhões em receita em um mercado onde a receita total é de US$ 50 milhões, o market share de valor da empresa seria de 10%.

Market share de volume

O market share de volume avalia a participação de mercado com base na quantidade de unidades vendidas. Ele é útil para entender a parcela física do mercado que uma empresa detém. Pode ser calculado comparando o número de unidades vendidas pela empresa com o número total de unidades vendidas no mercado. 

Por exemplo, se uma empresa vende 1.000 unidades em um mercado onde o total de unidades vendidas é de 10.000, o market share de volume da empresa seria de 10%.

Como calcular esse indicador?

O cálculo do market share é uma ferramenta poderosa para entender como sua empresa se destaca em relação aos concorrentes. Ao desvendar os números por trás dessa métrica, você estará melhor preparado para tomar decisões estratégicas, identificar oportunidades e impulsionar o sucesso da sua companhia.

Vale lembrar que, para obter resultados precisos, é crucial que os dados sejam os mais exatos e atualizados possíveis. Além disso, a escolha do método de cálculo dependerá dos objetivos da análise e do contexto da sua empresa.

Calculando o market share com base no faturamento

Quando se trata de medir a presença de uma empresa no mercado, o cálculo do market share com base no faturamento é uma das abordagens mais utilizadas. Essa métrica oferece uma perspectiva financeira sólida sobre a posição financeira de uma empresa em relação aos concorrentes no mercado.

Imagine que o faturamento da sua empresa seja como uma fatia de um bolo maior chamado “faturamento total do mercado”. O market share com base no faturamento compara o tamanho da sua fatia com o tamanho total do bolo. Ou seja, o foco será entender quanto cada empresa contribuiu para a receita total do mercado.

A fórmula é simples:

Cálculo market share: faturamento da empresa dividido pelo faturamento total de mercado, multiplicado por 100%.

Por exemplo, se sua empresa alcança um faturamento de R$ 2 milhões e o faturamento total do mercado é R$ 10 milhões, o cálculo seria:

Cálculo 2.000.000 dividido por 10.000.000, multiplicado por 100%, igual a 20% de market share.

Nesse cálculo, uma alta participação indica que sua empresa é uma forte geradora de receita e tem uma posição relevante entre os competidores. 

Calcular o market share com base no faturamento permite tomar decisões financeiras estratégicas, como a alocação de recursos para crescimento e expansão, além de possibilitar uma análise clara das tendências ao longo do tempo.

Calculando o market share com base no público-alvo

O cálculo do market share com base no público-alvo é uma abordagem que se concentra em entender quantos consumidores escolhem a sua empresa em relação ao total de consumidores no mercado. Aqui, é possível ter uma visão da preferência do público e do alcance da sua marca em relação aos concorrentes.

Vejamos:

Cálculo número de clientes da empresa dividido por número total de clientes no mercado, multiplicado por 100%.

Quanto maior o market share, mais consumidores escolhem sua empresa em vez das alternativas. Essa métrica ajuda a avaliar a eficácia das estratégias de marketing, a popularidade da marca e o grau de fidelização dos clientes. Além disso, é essencial para tomar decisões direcionadas para atrair e reter consumidores.

Calculando o valor do mercado

O cálculo do market share com base no valor de mercado considera o valor da sua empresa em relação ao valor total das empresas no mesmo setor. Esse cálculo oferece uma perspectiva financeira sobre a posição da sua empresa no mercado e sua contribuição para o cenário financeiro geral. 

Para realizar esse cálculo, pense no valor de mercado da sua empresa, como o quanto suas ações valem em relação ao valor total das ações no setor. A fórmula é semelhante à do faturamento:

Cálculo valor de mercado da empresa dividido por valor de mercado total do setor, multiplicado por 100%.

Essa métrica é especialmente relevante para atrair investidores, determinar o peso da sua empresa no mercado financeiro e orientar decisões estratégicas.

Existe um market share ideal?

Avaliar se existe um market share ideal demanda uma análise profunda do equilíbrio delicado entre expansão e sustentabilidade a longo prazo. Afinal, a conquista de uma participação robusta no mercado pode ser interpretada como um indicativo de sucesso, mas é vital ir além desse número aparentemente positivo. O verdadeiro desafio está em examinar não apenas a quantidade, mas a qualidade dessa participação.

Um exemplo ilustrativo pode ser observado quando empresas optam por estratégias temporárias de preços agressivos para conquistar uma fatia expressiva do mercado. Embora isso possa resultar em ganhos imediatos e aumento do market share, essa abordagem levanta questionamentos sobre a sustentabilidade a longo prazo. Nesse sentido, é importante notar que a dependência de estratégias de curto prazo pode comprometer a rentabilidade e a estabilidade financeira da empresa, tornando a conquista do market share um feito passageiro.

Dessa forma, torna-se crucial avaliar não apenas o tamanho da participação de mercado, mas também sua qualidade e sustentabilidade. Empresas que buscam um market share ideal precisam considerar não apenas a conquista de clientes a curto prazo, mas também a capacidade de manter e expandir sua base de clientes ao longo do tempo.

A análise da relação entre o crescimento do market share e a saúde financeira da empresa é um ponto-chave nesse processo. Afinal, a busca por conclusões simplistas pode ser enganadora; é necessário entender se o aumento da participação no mercado está alinhado com uma base financeira sólida e se as estratégias adotadas são consistentes com metas de longo prazo.

Portanto, a reflexão sobre a busca do market share ideal não é apenas uma questão de números, mas uma consideração estratégica que envolve a compreensão profunda da dinâmica do mercado, a qualidade das interações com os clientes e a sustentabilidade das estratégias adotadas. Ao equilibrar o crescimento com a estabilidade financeira, as empresas podem aspirar não apenas a uma fatia significativa do mercado, mas a uma presença duradoura e impactante.

O que é market share relativo?

Enquanto o market share tradicional mede a fatia que uma empresa detém no mercado total, o market share relativo vai além, oferecendo uma perspectiva comparativa que destaca a posição relativa de uma empresa no ambiente competitivo.

A importância do market share relativo reside na capacidade de proporcionar uma visão mais refinada da competitividade de uma empresa. Ao entender não apenas a sua participação de mercado isoladamente, mas também em comparação com os concorrentes, as organizações podem obter insights valiosos sobre o desempenho relativo e identificar áreas de oportunidade ou desafio.

Por exemplo, ao analisar o market share relativo, as empresas podem identificar quais aspectos de suas operações, como marketing, inovação ou atendimento ao cliente, estão contribuindo positivamente ou impactando negativamente sua posição competitiva.

Esse indicador é particularmente relevante para avaliar a eficácia das estratégias competitivas. Afinal, uma empresa pode ter um market share absoluto elevado, mas se o market share relativo estiver diminuindo em relação aos concorrentes, isso pode indicar perda de competitividade no mercado. Essa compreensão mais profunda é essencial para ajustar estratégias e manter uma vantagem competitiva sustentável.

Como aumentar a participação de mercado da sua empresa?

Se você busca fortalecer a presença da sua empresa no mercado e conquistar uma fatia maior da concorrência, aumentar o market share é um objetivo-chave. Felizmente, existem estratégias eficazes para atingir esse objetivo. 

Vamos explorar algumas abordagens práticas:

Crie novas estratégias de publicidade

Uma maneira poderosa de aumentar o market share é através do marketing estratégico. Identifique o seu público-alvo, compreenda suas necessidades e desenvolva mensagens impactantes que ressoem com eles. Para isso, procure realizar um planejamento que combine canais de marketing, como mídias sociais, publicidade online e marketing de conteúdo, para ampliar o alcance da sua marca. 

Invista em inovação e tecnologia

A inovação é uma das chaves para conquistar a preferência dos consumidores. Por isso, busque desenvolver produtos ou serviços que atendam às necessidades não atendidas do mercado ou que ofereçam recursos exclusivos. 

Outro caminho é acompanhar as tendências da indústria e adotar tecnologias emergentes que possam impulsionar a sua oferta e os seus processos empresariais.

Por exemplo, ao adotar uma ferramenta de assinatura eletrônica, como a Clicksign, você pode automatizar processos documentais e economizar tempo e recursos ao agilizar o fluxo de trabalho. Essa otimização não só afeta positivamente a eficiência interna, mas também pode ter um impacto direto no seu market share.

Ao adotar uma abordagem inovadora e tecnológica para o gerenciamento de documentos, sua empresa demonstra que está comprometida em fornecer soluções modernas e eficazes para clientes e parceiros, além de possibilitar que seus colaboradores foquem em atividades mais estratégicas. Essa postura alinhada às tendências tecnológicas pode atrair uma base de clientes mais ampla, incluindo aqueles que valorizam a praticidade e a velocidade nas transações.

Melhore o relacionamento com os clientes

Focar em agregar valor ao cliente e construir relacionamentos mais duradouros é uma estratégia fundamental para aumentar o market share. Para isso, procure oferecer um excelente atendimento, ouvir feedbacks e realizar possíveis ajustes necessários. Lembre-se: clientes satisfeitos não apenas retornam, mas também recomendam seus produtos e serviços para outros.

Alcance novos mercados

A flexibilidade geográfica pode ser um fator-chave para aumentar sua presença em áreas anteriormente inacessíveis. Por isso, avalie onde há demanda não atendida ou concorrência menos acirrada e planeje a expansão com cuidado. Adaptar suas estratégias para atender às necessidades específicas desses novos mercados ou segmentos é essencial para o sucesso.

Uma forma prática de expandir a área geográfica da sua empresa é otimizando o processo de assinatura de documentos com uma ferramenta de assinatura eletrônica. Assim, você permite que as transações documentais sejam concluídas sem a necessidade de encontros presenciais, eliminando barreiras geográficas e facilitando o alcance a novos mercados. 

Tenha parcerias estratégicas

Considere estabelecer parcerias estratégicas com outras empresas que possuam públicos complementares. Essas parcerias podem permitir que você alcance novos clientes de forma mais eficaz e compartilhe recursos para alcançar objetivos mútuos. Selecione parceiros cujos valores e objetivos estejam alinhados com os da sua empresa.

Dê o primeiro passo com a Clicksign

Redefina seus processos documentais com as nossas soluções em assinatura eletrônica e comece a dar os primeiros passos rumo ao aumento do market share da sua empresa!

Com a Clicksign, é possível:

  • Enviar documentos para serem assinados eletronicamente, de qualquer lugar e com validade jurídica.
  • Fazer a gestão dos seus documentos em nuvem.
  • Criar documentos de forma automatizada com formulários inteligentes através do Clicksign Automação.
  • Integrar a assinatura da Clicksign nas suas próprias soluções com o Clicksign Integração.

Quer saber mais? Fale com um especialista ou teste gratuitamente, sem precisar de cartão de crédito!

Facebook
Twitter
LinkedIn

Contato com comercial

Fale com nossos especialistas e descubra como simplificar seus processos.

|

Pronto para começar? Experimente grátis.