Estamos contratando, veja nossas vagas.

Blog

A automação do processo de vendas como forma de garantir a competitividade

Executiva sentada no chão trabalhando
Negócios / Tecnologia

A automação do processo de vendas como forma de garantir a competitividade

Você certamente já ouviu falar de automação do processo de vendas. Mas agora eu te pergunto, você sabe, de fato, o que é isso?

Não se trata de um assunto muito complexo. Se você usa algum tipo de software ou aplicativo para facilitar seu trabalho com vendas é muito provável que haja alguma automação em seu trabalho.

A tecnologia como aliada dos vendedores

A tecnologia tomou conta de maior parte das áreas do setor produtivo. Isso possibilitou novas visões e táticas para se trabalhar, principalmente em relação ao setor comercial.

A automação do processo de vendas é mais do que necessária para as empresas. Não há como fugir dela. As particularidades dos produtos, das equipes e dos clientes exigem isto. Com automação, a empresa ganha mais agilidade em seus processos, afinal esse é um dos fatores que o consumidor mais exige e dá atenção.

Você já se perguntou quais inovações tecnológicas seu concorrente usa para vender?

Automatizar os processos é uma questão de competitividade. Enquanto os concorrentes se tornam cada vez mais ágeis, produtivos e estruturados, é importante que sua empresa faça as atualizações necessárias para se manter à frente.

A inovação tecnológica é tão importante porque é a raiz da automação de vendas. E entenda-se por inovar, a adoção de novos sistemas, softwares, SaaS e outros tipos de tecnologia para facilitar, simplificar e agilizar o processo de se vender.

A otimização dos procedimentos impacta diretamente nos resultados. Isso leva ao aumento da produtividade e, em consequência, uma maior lucratividade garantindo assim o crescimento do negócio, o que é muito importante para os empreendedores.   

Surge então a pergunta: como fazer a automação nos processos de vendas?

Existem algumas estratégias para a automação do processo de vendas. Vamos abordar aqui o perfil do negócio. Em uma empresa que comercialize um produto de até 50 reais por mês, ao qual subentende-se possuir um baixo custo de aquisição, o ideal é investir em autoatendimento. O cliente encontra, assim,  informações necessárias para tomar a decisão de compra e uso do bem ou serviço.

Se o produto possui um valor maior, de R$ 50,00 a R$ 300,00, a forma do cliente tomar a decisão de compra é, também, outra. Assim, pode ser preciso um atendente humano. Mesmo que isso seja feito, ainda é possível automatizar boa parte do processo, ficando a cargo do atendente as respostas às dúvidas.

Em produtos ou serviços acima de 300 reais, pode ser necessária maior interação humana. Ainda assim, muitas etapas podem ser automatizadas, como é o caso da geração de Leads.

Já nos serviços que exigem um investimento alto, como os de acima de R$ 3.000,00, há também a exigência de reuniões presenciais e maior interação do vendedor com o cliente. Logo, há menos espaço para a automação nas etapas do processo de vendas.

Isso não indica que se deva desistir de automatizar os procedimentos. É justamente aí que se precisa de uma ideia inovadora para se encontrar soluções onde antes não havia. Um exemplo que pode colaborar na automação do processo de vendas, independente do valor da compra, é uma plataforma de criação, gestão e armazenamento de contratos online. O vendedor fecha a venda e, através de um formulário, o próprio cliente preenche o contrato e o assina eletronicamente. Isso acelera muito o fechamento.   

O que deve ser automatizado?

As etapas que precisam ser automatizadas são aquelas em que utilizam-se procedimentos muito repetitivos e operacionais, que podem ser substituídos por softwares. Isso é importante, porque esses aplicativos realizam essas tarefas operacionais com muito mais rapidez e eficácia, com menos erros e esforço. Exemplos desse tipo de procedimento são os disparos de e-mails, busca por clientes na internet, coleta de dados e organização de informações.

Algumas ferramentas de automação, por exemplo, têm dado um resultado muito positivo em vendas. Entre elas, há sistemas que ajudam você a encontrar os melhores leads para sua empresa. Outras, oferecem CRMs que são verdadeiras plataformas de automação de marketing, vendas e suporte. Já outras ainda, são ideais para criar a automatizar processos de vendas relevantes.

Neste último caso, a ferramenta ainda permite automatizar e-mails e lembretes de acompanhamentos. Isso sem fazer com que fiquem monótonos e desinteressantes.

Os benefícios da automação no processo de vendas

Quando uma empresa e seu departamento de vendas têm processos automatizados, a equipe comercial tem muito mais liberdade para se dedicar a desenvolver estratégias de como vender mais. A preocupação da equipe deixa de ser a produção de ações que são repetitivas e não exigem inteligência e passa a ser aumentar o número de contratos de vendas fechados.

A otimização dos procedimentos produz resultados como a redução de custos, o aumento da produtividade e o crescimento da empresa. O direcionamento estratégico é ampliado, já que fica mais fácil identificar e atingir os clientes com maior potencial de compra.

Mas você sabe como a automação do processo de vendas ajuda as outras áreas da companhia?

Sim, com uma inteligência de vendas baseadas em dados dá para integrar o departamento de logística da empresa e obter resultados positivos na entrega dos produtos, operando com mais agilidade na separação, tendo um controle de estoque mais eficiente e possibilitando o atendimento de pedidos em tempo real.

Além disso, o acesso rápido às informações de vendas, diminui o aparecimento de erros e possibilita mais prontidão na resposta dos orçamentos, com isso, os serviços melhoram de qualidade e o valor agregado do seu produto aumenta.

E o funil de vendas?

Assim como todo o processo comercial, o funil de vendas deve, também, ser automatizado. Basta ter em mente que ele é a jornada do consumidor até chegar à compra de seu produto. Portanto, quanto maior for a automação desse processo, mais efetivo ele será e menos erros haverá nessa trajetória.

O processo de vendas, portanto, precisa e deve ser automatizado. Isso significa inovação, inteligência e estratégia, gerando competitividade e melhores resultados para sua empresa. Afinal, você não quer ficar para trás, não é?

Saiba mais: https://blog.wittel.com/como-automatizar-os-processos-de-vendas/

Comment (1)

  1. Maria de Fátima de Jesus Lima

    Ótimo gostei muito das orientações, parabéns textos bem explicados, deixo aqui o meu boa noite.

    04/06/2020 at 18:33
    |Responder

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *